Sexta-feira, 25 de Junho de 2010

um ano

publicado por mafalda às 21:48
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Domingo, 23 de Maio de 2010

sem dúvidas...

http://www.musica.iol.pt/multimedia/oratvi/multimedia/imagem/id/13146868/400

publicado por mafalda às 21:47
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Segunda-feira, 12 de Abril de 2010

billie jean

http://passionweiss.com/wp-content/uploads/2009/07/michael-jackson-billie-jean-234986.jpg

 

É inviável pensar no cenário musical dos anos oitenta sem ter em mente Michael Jackson. Ele dominou as paradas de sucessos durante gloriosos anos. O impacto de Thriller foi sentido pela primeira vez com a estreia do seu segundo single, Billie Jean, durante a penúltima semana do mês de Janeiro de 1983. Quando atingiu a primeira posição, apenas seis semanas depois, Jackson tornou-se o primeiro na história a permanecer, simultaneamente, na primeira posição em todas as paradas de black e pop music nos Estados Unidos.

Sem mencionar que também se apoderava da posição máxima entre os mais tocados nas danceterias. Não o bastante, Thriller e Billie Jean atingiram a primeira posição no Reino Unido e em mais sete países; Michael Jackson abraçava o mundo como ninguém antes.

A música Billie Jean soa muito distante do mundo exótico de Jackson. Nela, soberana, uma simples linha rítmica composta por Michael numa bateria. Durante o processo, o baterista Leon Ndugu Chancler foi convocado para optimizar a "pegada" da canção. "Fui colocado sozinho numa sala e durante as duas ou três horas que se seguiram, Michael e Quincy Jones interromperam-me várias vezes com idéias e sugestões. Acredito que a tenha tocado por oito ou dez vezes".

Outra determinante na musicalidade de Billie Jean é o baixo, também sugerido por Michael. O instrumentista Louis Johnson conta como foi trabalhar com o astro. "Trouxeram ao estúdio todos os meu baixos para que experimentássemos o som de cada um separadamente. Depois de três ou quatro tentativas, escolhemos o Yamaha. Ele é realmente extasiante, de grande potência e uniformidade".

Em Billie Jean, Michael compusera cada linha instrumental e também gravara, ele mesmo, todos os vocais, alternando-os em simples falsetes; o principal deles gravado num único exuberante take. O resultado é um clássico contemporâneo.

Billie Jean é um relato de um homem que é perseguido por uma mulher que diz que ele é o pai de seu filho. Na canção Jackson tenta desmentir a mulher e ao mesmo tempo fica em dúvida se realmente é o pai da criança. A história é a continuação de outra música do álbum, Wanna Be Startin' Somethin'. Apesar de sempre falarem que a história da música foi baseada em factos reais, Jackson sempre desmentiu. Na sua auto-biografia, Moonwalk, ele diz que a história foi inspirada nas groupies que perseguiam os seus irmãos, com falsas histórias. Jones queria que a canção chamasse "Not My Lover", porque temia que as pessoas poderiam achar que se referia à tenista Billie Jean King. Jackson canta a música como se estivesse prestes a chorar, acrescentando soluços e sua marca registrada, "hee-hee".

 

O curta-metragem de Billie Jean é considerado o video que levou a MTV, um canal de música relativamente novo e desconhecido, a tornar-se um dos canais mais famosos do mundo. Foi o primeiro videoclipe de um artista negro a ser exibido no canal, que antes dava mais foco ao rock. Dirigido por Steve Barron, no vídeo, Jackson é perseguido por um paparazzo que tenta apanhá-lo em flagrante, mas mesmo quando consegue a imagem não se concretiza nas fotos. Jackson caminha pelas ruas e, por onde passa, o local ilumina-se e muda, como se ele fosse um ser mágico. O visual de Jackson no video era imitado por várias pessoas na época, as imagens do vídeo não tinham relação com a letra da música.

A primeira vez que Jackson apresentou Billie Jean foi em 1983 no Motown 25: Yesterday, Today, Forever. Michael e seus irmãos fizeram um medley de canções dos Jackson 5, depois todos saíram do palco e Michael ficou sozinho. Vestindo umas calças pretas, uns sapatos de couro com meias à mostra, jaqueta brilhante, chapéu fedora e apenas uma luva brilhante na mão direita. A performance teatral ficou marcada por ser a primeira vez em que Jackson fez o seu passo, marca registrada, em que desliza para trás, chamado de moonwalk. Foi essa performance que cravou o status de celebridade absoluta de Jackson, sendo notícia em todo o mundo. A performance no Motown 25 é considerada um dos momentos mais importantes da cultura pop. Em sua auto-biografia, Moonwalk, Michael disse que chorou depois da apresentação, porque ele tinha falhado em alguns detalhes. Mas depois que Fred Astaire, Sammy Davis Jr. e uma criança o elogiaram, ele sentiu que tinha feito a coisa certa. No decorrer dos anos, Billie Jean tem permanecido de maneira fiel à primeira peformace de Jackson com mínimas alterações, e mais agressividade na atitude.

 

wikipédia

 

She was more like a beauty queen from a movie scene
I said don't mind, but what do you mean I am the one
Who will dance on the floor in the round
She said I am the one who will dance on the floor in the round

She told me her name was Billie Jean, as she caused a scene
Then every head turned with eyes that dreamed of being the one
Who will dance on the floor in the round

People always told me be careful of what you do
And don't go around breaking young girls' hearts
And mother always told me be careful of who you love
And be careful of what you do 'cause the lie becomes the truth

Billie Jean is not my lover
She's just a girl who claims that I am the one
But the kid is not my son
She says I am the one, but the kid is not my son

For forty days and forty nights
The law was on her side
But who can stand when she's in demand
Her schemes and plans
'Cause we danced on the floor in the round
So take my strong advice, just remember to always think twice
(Do think twice)

She told my baby that's a threat
As she looked at me
Then showed a photo of a baby crying
Eyes were like mine
Go on dance on the floor in the round, baby

People always told me be careful of what you do
And don't go around breaking young girls' hearts
She came and stood right by me
Then the smell of sweet perfume
This happened much too soon
She called me to her room

Billie Jean is not my lover
She's just a girl who claims that I am the one
But the kid is not my son
Billie Jean is not my lover
She's just a girl who claims that I am the one
But the kid is not my son
She says I am the one, but the kid is not my son
She says I am the one, but the kid is not my son
Billie Jean is not my lover
She's just a girl who claims that I am the one
But the kid is not my son
She says I am the one, but the kid is not my son
She says I am the one, she says he is my son
She says I am the one
Billie Jean is not my lover
Billie Jean is not my lover
Billie Jean is not my lover

publicado por mafalda às 09:15
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Quarta-feira, 17 de Fevereiro de 2010

não estou esquecida...

http://static.squidoo.com/resize/squidoo_images/-1/lens5550142_1246662729Michael_Jackson_MJ_Tribute_Heart.jpg

publicado por mafalda às 20:36
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
Quinta-feira, 4 de Fevereiro de 2010

a homenagem a Michael nos Grammy Awards

 

 

Discurso do Prince:

 

"Obrigado. Estamos orgulhosos de estar aqui para receber este prémio em nome do nosso pai, Michael Jackson. Em primeiro lugar, queremos agradecer a Deus por cuidar de nós durante os últimos sete meses e à nossa avó e nosso avô pelo seu amor e apoio. Gostaríamos também de agradecer aos fãs, nosso pai amava-vos muito, porque vocês sempre estiveram lá para ele. Nosso pai estava sempre preocupado com o planeta e a humanidade. Através do seu trabalho árduo e dedicação, ele tem ajudado muitas instituições de caridade e doou dinheiro para tudo ... Sua mensagem era simples: o amor. Continuamos a divulgar a sua mensagem e ajudar o mundo. Obrigado. Papa, nós amamos-te."

 

Discurso da Paris:

 

"Papa era suposto estar aqui hoje. Papa deveria subir ao palco, este ano, mas não podia ... actuar no ano passado. Muito obrigado. Nós amamos-te, papa."

 

http://i.dailymail.co.uk/i/pix/2010/02/01/article-0-081B1ED5000005DC-684_468x435.jpg

(Paris & Prince, na entrega dos Grammys)

 

publicado por mafalda às 12:34
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Porquê Agora?

a pergunta que mais tenho ouvido e que eu própria faço é: porquê agora? porquê mostrar admiração depois de ele já ter partido? e a reposta é simples e directa: porque ele era nosso, era um dado adquirido... mas nesta vida nada pode ser dado como certo e é nestes momentos que percebemos quão ténue é o fio que nos liga a este mundo. há uma certa tendência para darmos valor depois da perda e, em parte, é disso que se trata. ELE PODE TER PARTIDO MAS JAMAIS MORRERÁ

.Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

.posts recentes

. um ano

. sem dúvidas...

. billie jean

. não estou esquecida...

. a homenagem a Michael nos...

. mais uma homenagem vinda ...

. ousar sonhar

. tradução de thriller

. bom ano novo

. coragem (poemas e reflexõ...

.arquivos

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

.tags

. (in)justiça(1)

. 15 curiosidades(1)

. 1984(1)

. 3t(1)

. a infância(1)

. a sombra evasiva(1)

. a última lágrima(1)

. acidente da pepsi(1)

. acusações de pedofilia(2)

. akon(2)

. alien ant farm(1)

. all the things you are(1)

. american music awards 2009(1)

. amor(1)

. aniversário(1)

. another part of me(1)

. anúncios da pepsi(2)

. aquele homem no espelho(1)

. aquilo que o matou(1)

. as condolências(2)

. as contradições de "living with michael(4)

. asas sem mim(1)

. bad(1)

. barack obama(1)

. barbara walters(2)

. bart simpson(1)

. beat it(2)

. berlin 1989(1)

. better on the other side(2)

. beyoncé(1)

. bill clinton(1)

. billie jean(2)

. black or white(2)

. blanket jackson(8)

. blog destacado(1)

. blood on the dance floor(2)

. boys ii men(2)

. brandon jackson(1)

. brooke shields(5)

. bucarest(1)

. but the heart said no(1)

. captain eo(1)

. causas da morte(1)

. charlie chaplin(2)

. children of innocence(1)

. chris brown(2)

. cinco meses(1)

. citações(2)

. confiança(1)

. coragem(1)

. criança mágica(2)

. cry out of joy(2)

. dancing the dream(19)

. diane sawer(2)

. diddy(2)

. earth song(2)

. elizabeth taylor(2)

. funeral(2)

. geraldo(4)

. guiness world records(8)

. heal the world(2)

. history(2)

. homenagem(2)

. human nature(2)

. i just can't stop loving you(2)

. inocência(2)

. jackson 5(5)

. jackson family(3)

. janet jackson(5)

. jermaine jackson(2)

. joe jackson(2)

. jordan chandler(2)

. la toya jackson(3)

. lionel richie(2)

. lisa marie presley(5)

. living with michael jackson(5)

. macaulay culkin(2)

. magical child(2)

. mario winans(2)

. martin bashir(6)

. maury povich(3)

. michael jackson-o legado(2)

. mtv(3)

. natal(2)

. neverland(3)

. off the wall(2)

. paris jackson(9)

. poema(19)

. polow da don(2)

. prince michael jackson(10)

. smile(2)

. smooth criminal(4)

. the game(2)

. the lean(3)

. this is it(8)

. thriller(9)

. tributo musical(4)

. usher(2)

. vma(2)

. will you be there(4)

. todas as tags

.favoritos

. Quero-te

. Insónia

. É À NOITE

. Esfera

. Palavras

. ESSES TEUS CINCO SENTIDOS...

. É

. Porque não pára o tempo?

. Confiança

. Alma

blogs SAPO

.subscrever feeds